Mostrando postagens com marcador Funções da linguagem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Funções da linguagem. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Atividade sobre elementos e funções da linguagem


01) Identifique na capa de revista acima os seguintes elementos da comunicação: 

a) Emissor: 
b) Receptor:
c) Referente:
d) Código:
e) Canal de comunicação:
f) Mensagem:

02) Qual desses elementos está sendo mais valorizado? Justifique sua resposta:

03) Que função da linguagem então ali predomina? Por quê? 

04) Explique a importância dos verbos no modo imperativo empregados: 

sábado, 29 de junho de 2019

Atividade sobre Propaganda "Horta de Elite" - Hortifrutti


01) A propaganda da rede de lojas Hortifrutti faz uma intertextualidade com um famoso filme nacional. Que filme é esse? 

02) Além do nome, que outros elementos do cartaz podemos associar ao filme?

03) Identifique em tal propaganda:

a) O emissor:
b) O receptor:
c) O código:
d) O canal:
e) O referente:

04) O cartaz apresenta, basicamente, duas funções da linguagem: a poética e a conativa (apelativa). 

a) Como a função poética se apresenta?

b) E a função conativa / apelativa? 

05) Na parte de baixo do cartaz, lê-se "Aqui a natureza é a estrela". Qual o significado da palavra destacada nesse contexto?

(Atividade enviada pela querida amiga Lívia Ramos! Adorei!)

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Resumão básico das Funções da Linguagem

Resumo das Funções da Linguagem



São seis os ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO:

01) Referente ou Contexto: informações sobre a mensagem
02) Emissor (ou Remetente): quem envia a mensagem
03) Receptor (ou Destinatário): quem recebe a mensagem
04) Contato (ou Canal): o meio pelo qual a mensagem é enviada
05) Código: conjunto de convenções, de regras da língua
06) Mensagem: aquilo que se quer transmitir

Sempre que nos comunicamos, temos uma intenção, um objetivo, daí o fato de determinadas expressões e combinações de vocabulário caírem tão bem em alguns momentos e serem tão inoportunas em outros. Assim, a linguagem varia de acordo com a situação, assumindo FUNÇÕES, que são 6 (seis) e são as seguintes (cada uma valorizando mais um determinado elemento da comunicação):

-- REFERENCIAL: quando o objetivo é traduzir a realidade, INFORMAR ao receptor, com clareza, aquilo que se quer transmitir (CONTEXTO). Nos textos científicos e jornalísticos há predominância dessa função. 

-- EMOTIVA (ou EXPRESSIVA): quando o EMISSOR quer EXPRESSAR SUAS EMOÇÕES, seu estado de espírito. Assim, o texto  é escrito em primeira pessoa e recheado com exclamações, reticências e interjeições.

-- CONATIVA (ou APELATIVA): quando a intenção é CONVENCER o RECEPTOR a ter determinado comportamento. Os anúncios de comerciais e a publicidade em geral fazem uso dessa linguagem, empregando, muitas vezes, verbos no modo imperativo e em concordância com o pronome de tratamento você

-- FÁTICA: quando o objetivo é apenas estabelecer, manter ou prolongar o CONTATO com o receptor. As expressões usadas nos cumprimentos (bom dia, oi...), ao telefone (pronto, alô...) e em outras situações em que se TESTA O CANAL de comunicação apresentam esse tipo de função. 

-- METALINGUÍSTICA: quando o objetivo é o uso do CÓDIGO para explicar o PRÓPRIO CÓDIGO. Um bom exemplo dessa função é o dicionário, onde se usam palavras para explicar as próprias palavras. 

-- POÉTICA: quando o objetivo é dar ênfase à elaboração da MENSAGEM. O emissor constrói seu texto de maneira especial, realizando um trabalho de seleção e combinação de palavras, com esmero. Tal função é muito comum nos poemas, mas ocorre também na prosa e em anúncios publicitários.