Mostrando postagens com marcador Atividades sobre livro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Atividades sobre livro. Mostrar todas as postagens

sábado, 27 de agosto de 2016

Atividade sobre o paradidático "O fantástico mistério de Feiurinha", de Pedro Bandeira



01) Por que todas as princesas tinham o mesmo sobrenome ENCANTADO?

02) Por que Chapeuzinho Vermelho não era princesa?

03) Com que personagem da história Chapeuzinho gostaria de ter se casado? Por quê?

04) Qual das heroínas estava sempre comendo?

05) Por que Dona Branca detestava maçãs?

06) Como Cinderela chegou ao castelo de Dona Branca? Por quê?

07) Do que Rapunzel reclamou, ao entrar na casa de Dona Branca? Qual era a causa do seu mal?

08) Que outras princesas chegaram ao castelo de Dona Branca?

09) Por que Dona Branca marcou essas reuniões?

10) Por que as princesas estavam tão preocupadas com o desaparecimento de Feiurinha?

11) Elas tentaram se lembrar da história de Feiurinha e não conseguiram. Nem sequer sabiam quem era o autor da história. Quem foi escolhido para descobrir o paradeiro da Feiurinha? Por quê?

12) Quem foi incumbido de procurar a pessoa que descobriria Feiurinha? Por que ele foi parar na casa desse autor?

13) O que o autor achou da proposta de Caio? Por quê? E você?

14) Que providências o autor tomou? Que informações ele obteve?

15) As princesas começaram a perder a paciência com tanta demora. O que elas fizeram?

16) Jerusa era empregada do autor. Como ela reagiu ao saber que aquelas sete mulheres eram as mais famosas princesas de todos os tempos? O que isso revela?

17) Outras buscas foram feitas e nada de Feiurinha, Quem acabou desvendando o mistério, trazendo-a de volta?

18) Ao autor sobrou uma missão. Qual era ela?

19) Que mensagem a leitura deste livro transmite? Comente:

20) Que nota, de 0 a 10, você daria a este livro? Justifique sua resposta:

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Atividade sobre o paradidático "A Droga do Amor", do Pedro Bandeira

Mais uma delícia de livro do queridíssimo Pedro Bandeira, ccom os Karas! Relembrando outra atividade que meus alunos, na época, amaram! Isso já faz, claro, quase uns vinte anos, mas... Certas histórias são mesmo atemporais! Concordam?!?


01) Dois das duas personagens têm seus nomes grafados em desacordo com a norma ortográfica vigente no Brasil: Magrí e Calú. Qual a intenção do autor em cometer esse pequeno "deslize"? 

02) O que torna o título do livro uma expressão ambígua? Justifique sua resposta:

03) No início, Magrí não se encontra no Brasil. Onde ela se encontrava? O que a levou até lá? O que a faz retornar? 

04) Durante a trama, a equipe dos Karas se dissolve e volta a se unir. Explique por que e como isso aconteceu:

05) Qual o foco narrativo da história contada no livro?

06) Quem sumiu da penitenciária máxima? 

07) Quem foi sequestrado no aeroporto de Cumbica?

08) Por que o anão estava sempre por perto da professora Iolanda?

09) Qual era o poder da droga do amor? 

10) Como os Karas conseguiram encontrar o Doutor QI?

11) Que mensagem o livro transmite? Comente: 

12) Que nota, de 0 a 10, você daria a este livro? Justifique sua resposta:

13) Que pergunta gostaria de fazer sobre esse livro ao autor? Capriche! 

domingo, 21 de agosto de 2016

Atividade sobre o paradidático "A Droga da Obediência", do Pedro Bandeira

Confesso que, às vezes, sinto muita falta de dar aula para o Ensino Fundamental. Tive experiências maravilhosas e bem ricas, sem falar que foi onde tudo começou. Sempre gostei muito de trabalhar com os livros paradidáticos, e, naquela época, os alunos realmente liam, sem tentar apelar pro famoso "copie e cole" do Google! Alguns professores tamém! (risos) 

Hoje então compartilho uma atividade super simples em cima do livro "A Droga da Obediência", do queridíssimo Pedro Bandeira. Ele é o primeiro livro da coleção "Os Karas", um grupo de adolescentes que proporciona altas aventuras instigantes! Espero que gostem! Comentem! 


01) O que fazia do Elite um colégio muito especial? Quem eram os Karas? Como eles se identificavam entre si?

02) Qual a trama central da história contada neste livro do Pedro Bandeira?

03) Qual foi o motivo da reunião de emergência dos Karas?

04) Quando Miguel foi raptado, ficou sabendo dos planos do Doutor QI. Que planos eram esses?

05) Assistindo ao debate na televisão sobre a "Droga da Obediência", Miguel entende que "a guerra ainda estava longe, muito longe de terminar". Por quê? 

06) Por que Miguel, ao analisar seu próprio comportamento, acabou reconhecendo que não era o líder que imaginava ser?

07) No início, Chumbinho impõe sua presença aos Karas, que pretendem despistá-lo após a resolução do caso. Entretanto, ele acaba conquistando seu lugar entre o grupo. Como ele consegue esse feito?

08) O autor "erra" de propósito a grafia do nome de duas personagens. Quais são elas? Por que o autor cometeu esse "erro"? 

09) Explique o título do livro, aproveitando para sugerir outro:

10) De um modo geral, o que você achou do livro abordado? Comente: 

11) De que parte do livro você mais gostou? Por quê? 

12) De que parte do livro você menos gostou? Justifique sua resposta:

13) Qual o seu personagem preferido? Explique:

14) Que mensagem ele transmite? Comente:

15) Pesquise algumas curiosidades sobre o livro, especialmente a questão da "Cefaleia de Horton":

16) Que pergunta você gostaria de fazer ao autor deste livro? 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Atividade sobre o paradidático "A árvore que dava dinheiro", de Domingos Pellegrini


01) Qual é o PRINCIPAL assunto tratado no livro? Justifique sua resposta: 

02) Onde se passa a história (cenário)?

03) O texto foi dividido em sete partes. Quais são elas? 

04) Qual a principal característica do velho que doou as sementes da árvore que dava dinheiro? 

05) A cidade de Felicidade passou por várias fases distintas. Fale sobre duas delas: 

06) Por que em vez de trazer “solução” para os moradores da cidade, a árvore passou a causar complicações?

07) Cite algumas das complicações que surgiram:

08) Apenas uma personagem da história parece não se deixar contaminar pela ansiedade  que a árvore que dá dinheiro provoca. Quem é ela e quais são as suas atitudes ao longo da narrativa?

09) Redija uma “moral” para a história lida:

10) Na cidade de Felicidade, como era chamado um comerciante "pão-duro"? 

(   ) mão-de-vaca    (    ) munheca    (    ) chiclete-duro

11) O que acontecia com o dinheiro das árvores após passar na ponte? E quem foram os primeiros a descobrir esse fato? 

12) Cite alguns comportamentos do velho do sobrado que acabaram deixando-o rico: 

13) Na visão dos moradores de Felicidade, quem é o Turista?

14) Dê exemplos de cinco empregos que surgiram após a chegada dos turistas em Felicidade: 

15) No final, o que os moradores fizeram com as árvores? 

16) Que vantagens puderam-se verificar na cidade, mesmo depois que souberam que aquele dinheiro era falso? 

17) O ser humano é movido não apenas por sentimentos nobres, quando o dinheiro se torna farto, desperta a cobiça, a ganância, a inveja e o individualismo. Será que vale a pena? Justifique: 

18) A história estimula a reflexão sobre a relação do homem come essa sua invenção tão genial quanto perigosa: o dinheiro. Como você agiria se fosse uma das personagens? Comente: 

19) Hoje em dia, em especial, o que você acha que as pessoas, em sua maioria, fariam com a árvore? 

20) Quem encontrou a primeira nota? Quem plantou a primeira árvore? E quem não deu muita importância ao dinheiro da árvore? Tente analisar como uma dessas personagens: 

21) Que mensagem podemos mais fortemente extrair após a leitura desse livro?

22) Crie um desenho bem interessante e caprichado da parte da história de que você mais gostou, justificando sua escolha:  

23) Redija uma pequena CARTA para o autor do livro: 

domingo, 26 de junho de 2016

Atividade sobre o paradidático "A corrente da vida", de Walcyr Carrasco


Sinopse: Raquel tem um grande amigo, Nel, que, inexplicavelmente, começa a faltar à escola. Insiste em saber o que está acontecendo com ele. Junto com um amigo em comum, Marcelo, vai visitá-lo. A família do amigo age estranhamente. Finalmente, a garota descobre a verdade: Nel está contaminado pelo vírus da AIDS e a doença já se manifestou. Nel volta às aulas. Mas uma fofoqueira espalha a informação de que ele é aidético. Alguns amigos se solidarizam, mas há pais que o querem expulso da escola. Os alunos ficam conhecendo as formas de contágio e de  evitar a doença. E se unem para ajudar o colega doente. Marcelo se interessa por Raquel, mas a menina vive intensamente o drama de Nel. Não tem olhos para ninguém. O amigo morre. E Raquele descobre tanto o quanto ele foi importante para sua vida, quanto e como é importante amar o próximo. 

01) Raquel recorda sua amizade com seu amigo Nelson, mas ressalta: "Eu não estou falando de momentos absolutamente felizes. As pessoas valorizam demais a alegria". Na verdade, o que Raquel quer transmitir?

02) O que levou Raquel a procurar seu amigo Nelson na casa dele? O que você pensa a respeito disso?

03) Marcelo e Raquel tentam ajudar Nelson na volta à escola, mas o rapaz estava muito debilitado. O que realmente teria acontecido a ele? 

04) Como Raquel reage ao saber da doença do seu amigo? O que você faria no lugar dela? 

05) A notícia sobre a enfermidade de Nelson se espalha na escola. Como reagiu a comunidade escolar? O que fez o diretor do estabelecimento diante do problema? 

06) Faltava dinheiro para comprar os remédios de Nelson. Como Raquel procurou ajudar? 

07) Qual o grande segredo de Marcelo?

08) Raquel, emocionada, diz a Nelson que o amava. Por que esse amor, segundo o rapaz, poderia ser comparado a uma nuvem? Explique:

09) Justifique o título do livro, aproveitando para sugerir um outro: 

10) Quais foram os principais participantes da "Corrente pela vida"? O que você pensa a respeito disso? 

11) Que mensagem o livro transmite? Comente: 

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Atividade sobre o paradidático "Gente de estimação", do Pedro Bandeira


Sinopse: Um menino, um elefante e um palhaço mostram que é preciso cultivar com afeto aquilo que se possui, pois a propriedade é muito mais uma responsabilidade do que um direito. 

01) Com a morte do palhaço Minhoca, o garoto fica sozinho com Mil-Réis no mundo.

a) Por que ele desiste do sonho de ser palhaço?

b) Qual é a relação entre a morte de Minhoca e a decadência do circo?

02) Tostão sabia que Mil-Réis não tinha como se defender. Então, resolve tomar uma atitude drástica e os dois acabam arrumando uma confusão. Escreva o que aconteceu e onde eles vão parar:

03) Tostão reencontra Minhoca e fica surpreso com a aparência do palhaço, que era visível apenas como um nariz vermelho.

a) O palhaço tinha uma explicação para esse seu novo visual. Qual era?

b) Como ele ajuda Tostão e Mil-Réis?

04) Quando Cigano percebeu que poderia aproveitar toda a confusão e a cobertura da tevê para promover o circo, seus planos mudaram. Ao ser entrevistado por Sulamita Normanha, Cigano mudou o nome de Mil-Réis. Por quê? Qual foi o novo nome que criou?

05) Qual era o sonho de Zé Caninha quando era menino? Ele conseguiu concretizar esse desejo Por quê?

06) O velho juiz sente uma admiração pelo decadente personagem. Por quê?

07) O que acontece quando Casca-de-Ferida chega ao bar procurando um juiz para resolver a confusão?

08) Ao final do julgamento, o verdadeiro juiz propõe a Tostão, Mil-Réis,  Casca-de-Ferida e Zé Caninha construírem um circo juntos.

a) Minhoca se despediu de Tostão porque ele já podia se cuidar sozinho. Qual foi a recordação que deixou?

b) Tostão diz que vai ser o palhaço Minhoquinha. Na sua opinião, por que resolvera retomar o sonho?

09) Nessa história, você viu que Zé Caninha teve que tomar uma decisão muito difícil, e isso exigiu dele consciência clara dos fatos.

a) Cigano era o verdadeiro dono do animal. Foi correta a atitude do juiz de confiscar o elefante e dá-lo a Tostão? Por quê?

b) Ser dono de algo é também ser responsável por ele; isso é o que nos diz Pedro Bandeira já no início do livro e o que nos mostra através das atitudes do Cigano, que, além de não cuidar do que tem, só pensa no próprio benefício. Você concorda com o autor? Por quê?

10) O que você achou, sinceramente, do livro? Que nota você daria a esse livro do Pedro Bandeira? 

11) O que você aprendeu com a leitura desse livro? Comente: 

domingo, 5 de junho de 2016

Atividade sobre o paradidático "A marca de uma lágrima, do Pedro Bandeira


01) Qual era o maior inimigo de Isabel? Por quê?

02) Qual era o grande talento da protagonista dessa história em questão?

03) Qual o papel de Isabel no namoro de Cristiano e Rosana?

04) Por que a festa na casa de Cristiano marcou tanto Isabel?

05) Como Isabel se tornou uma testemunha importante no esclarecimento do assassinato da diretora?

06) Ao descobrir que Fernando era o rapaz que a beijara na festa de Cristiano, ela disse que tinha de encontrar a pessoa que a amou como ela era. O que ela quis dizer com isso? 

07) Que relação há entre a "Linamarina", os bombons e a morte da Dona Albertina? Explique:

08) "Na manhã seguinte à festa na casa de Cristiano, Isabel acordou com enjoo de ressaca e gosto de Cristiano na boca". O que significa ficar com o gosto de alguém na boca?

09) Por que Isabel tirou zero na redação sendo tão boa em Português? 

10) Por que o encontro com o Cristiano, no laboratório da escola, provocou uma grande desilusão em Isabel? 

11) Por que pensavam que Dona Albertina tinha se suicidado?

12) De quem você suspeitou quando se deu o assassinato de Dona Albertina? Por quê?

13) Como era a relação de Isabel com a sua mãe e com o seu pai? 

14) Por que a Isabel pensou que o assassino fosse a professora Olga? Explique bem:

15) Por que, no hospital, Isabel recusou a declaração de amor de Cristiano? 

16) Por que, afinal, os crimes foram cometidos?

17) Explique o porquê do título do livro:

18) Que outro título você daria a essa história? 

19) O que você achou do livro e que mensagem ele transmite?

20) Invente um novo final para essa história do Pedro Bandeira! Capriche!