domingo, 11 de outubro de 2020

Atividade sobre o texto "Lista de supermercado com as coisas que acabaram", de Paulo Candido


 Lista de supermercado com as coisas que acabaram 
(Põe na lista o refil disto aí que acabou)

margarina, sexo, pão,
milho, ervilha, tesão,
veneno de barata
e um maço de 
compaixão.

cebola, carinho, cuidado,
batata, aventura 
e mamão.
alguma novidade, molho 
de macarrão,
uma urgência de fim de 
tarde,
um pacote de feijão,
um dente afiado de alho,
um gosto 
por confusão.

cerveja, vodka, whisky,
um bom pau de amarração,
um pedaço de alegria,
fralda de montão,
filé sem melancolia
e um extrato de paixão.
 
o detergente de mágoa,
o papel que absorve dor, 
uma água com aquele cheiro 
de um sentimento 
anterior.

sabão de lavar a alma, 
alvejante de coração,
o chá de manter a calma, 
o shampoo antidepressão.

leite de longa vida,
balinhas de erudição,
spray de curar ferida,
azeite, disposição.
se não for estourar o cartão 
faz um gesto de sedução
por fim o mais importante 
procure em toda seção
se não tiver dá um jeito 
pergunte em outro mercado 
no camelô, no interior
vai catar no meio do mato
mas não apareça de volta
sem amor de perdição.

(Paulo Candido - "A canção da borboleta ausente")

01) Justifique o título dado ao poema acima: 

02) Qual a importância do seu subtítulo? 

03) O texto, de fato, é uma lista de supermercado? Justifique sua resposta: 

04) Quantas estrofes e quantos versos compõem o poema? 

05) Crie três tabelas: uma contendo os itens que se pode comprar, os itens que não e os que são de itens inventados:

06) Faça uma análise comparativa entre as tabelas, dizendo a que conclusão você chegou: 

07) O autor faz um jogo de palavras enumerando itens objetivos e subjetivos. Há alguma relação entre esses itens? Comente: 

08) Como se pode caracterizar o eu lírico, de acordo com as informações fornecidas pelo texto? 

09) Há algum item que demonstre que ele está solitário? Justifique sua resposta: 

10) Como você interpreta o verso destacado no texto? 

11) Que mensagem o texto transmite? Comente: 

12) O que mais chamou a sua atenção no poema? Explique:

13) De que elementos da lista você está mais necessitando? Que outros você adicionaria? 

14) Qual item lhe despertou a maior curiosidade a ponto de querer que, de fato, existisse? Por quê? 

15) Que características modernistas aparecem no poema? Justifique sua resposta: 

16) Selecione um item inventado para ilustrar e criar uma propaganda bem criativa: 

P.S.: Vale muito a pena incrementar esta atividade utilizando esta outra AQUI, em cima de um texto da querida amiga Zizi Cassemiro, inspirado por este! Não deixe de conferir! 

(Poema indicado pela queridíssima Ana Cristina Pontes
atividade feita em parceria com a amiga Zizi Cassemiro)

4 comentários:

  1. Dequinha, esse poema é bem original e o que mais me chamou a atenção foi justamente o título. Quem se interessa em ler um poema cujo título faça referência a uma lista de supermercado das coisas que acabaram? Isso mostra e prova o quanto podemos nos equivocar ao julgar um livro pela capa, uma pessoa pela roupa que ela usa, um lugar pelos esteriótipos sem fundamento,etc. Esse poema, além de lindo é inspirador. Como eu gosto das coisas que quebram a expectativa!! Fiquei tão encantada com o poema que fiz uma paródia. Dequinha sempre trazendo preciosidades para este oráculo!!! heheh!! Amei!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb amo essas quebras de expectativa, essas propostas tão surpreendentes! Amei o poema! Amei a Marília recitando! Amei a sua paródia, que entrou como atividade, separadamente, pra não ficar muito grande.

      Ahhh, e o "oráculo" sempre agradece por suas lindas e preciosas contribuições! Beijão!

      Excluir

Obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!