sábado, 30 de março de 2019

Atividade sobre o filme "Narradores de Javé" (1 h 40 min)


Sinopse:  Somente uma ameaça à própria existência pode mudar a rotina dos habitantes do pequeno vilarejo de Javé. É aí que eles se deparam com o anúncio de que a cidade pode desaparecer sob as águas de uma enorme usina hidrelétrica. Em resposta a essa notícia tão devastadora, a comunidade adota uma ousada estratégia: decide preparar um documento contando todos os grandes acontecimentos heróicos de sua história, para que Javé possa escapar da destruição. Como a maioria dos moradores é analfabeta, a primeira tarefa é encontrar alguém que possa escrever as histórias. 

01) Qual a importância da tradição oral para um povo?

02) A lógica da oralidade se aplica totalmente à escrita? Justifique sua resposta:

03) As narrativas dos moradores se conflitavam? Explique:

04) Você concorda que "lembrar é presentificar o passado"? Comente:

05) "Uma coisa é o fato acontecido, outra coisa é o fato escrito". Em que esse contexto se encaixa na história do filme? 

06) Qual o tema do filme? O que os realizadores do filme tentaram nos passar? Eles, afinal, conseguiram? 

07) Para os personagens do filme por que era importante resgatar a memória e escrever a história daquele vilarejo?

08) Do que você mais gostou nesse filme? Por quê?

09) Comente especialmente sobre o final do filme:

10) O que significa fazer o "papel de escriba"? E qual seria esse papel em especial naquela comunidade?

11) Analise as práticas de letramento da referida comunidade:

12) Como você percebe a relação entre ser alfabetizado e ser letrado no contexto do filme?

13) Que lição de vida podemos aprender com esse filme?

14) Como você considera a importância da memória para uma sociedade?

15) Relacione ao filme ao ditado popular "O povo aumenta, mas não inventa":

16) Como você, em poucas palavras, registraria a história de Javé?

17) De 0 a 10, que nota você daria ao filme em questão? Por quê?

18) Ainda no começo do filme, quando surge o primeiro "flashback", vê-se a imagem de um sino tocando e, logo depois, de pessoas correndo em direção à igreja. O que essas imagens querem nos revelar?

19) Escreva UM parágrafo envolvendo a construção de barragens e a consequente desconstrução de memórias de um povo:

terça-feira, 26 de março de 2019

Atividade sobre a obra "Moça na janela" - Salvador Dalí


01) Justifique o título dado à obra de arte, aproveitando para sugerir um outro:

02) No que a mulher poderia estar pensando ao olhar pela janela?

03) Descreva tudo o que ela provavelmente está vendo pela janela:

04) Caracterize a personagem, utilizando pelo menos cinco adjetivos: 

05) Que sensações e impressões essa obra transmite a você? 

06) Crie um balão contendo um possível pensamento para a moça na janela:

07) Pela postura da personagem na janela, quanto tempo ela ficou lá?

08) Existe um contraste entre a paisagem lá de fora e a de dentro de casa? O que isso pode revelar? 

09) Proponha cinco alterações na obra analisada e depois faça uma releitura da mesma: 

10) Que mensagem a obra transmite? Comente: 

segunda-feira, 25 de março de 2019

Atividade sobre a música "Ela só quer paz", do Projota


Ela só quer paz

Ela é um filme de ação com vários finais
Ela é política aplicada e conversas banais
Se ela estiver muito a fim seja perspicaz
Ela nunca vai deixar claro, então entenda sinais

É o paraíso, suas curvas são cartões postais
Não tem juízo, ou se teve, hoje não tem mais.
Ela é o barco mais bolado que abordou no seu cais
As outras falam, falam, ela chega e faz. 

Ela não cansa, não cansa, não cansa jamais
Ela dança, dança, dança demais
Ela já acreditou no amor, mas não sabe mais
Ela é um disco do Nirvana de vinte anos atrás.

Não quer cinco minutos no seu banco de trás
Só quer um jeans rasgado e uns quarenta reais
Ela é uma letra do Caetano com flor do Racionais
Hoje pode até chover
Porque ela só quer paz...

Hoje ela só quer paz
Hoje ela só quer paz
Hoje ela só quer paz

Hoje ela só quer notícias boas pra se ler nos jornais,
Amores reais, amizades leais
Ela entende de flores, ama os animais
Coisas simples pra ela são as coisas principais

Sem cantada, ela prefere os originais
Conheceu caras legais, mas nunca sensacionais
Ela não é suas negas, rapaz
Pagar bebida é fácil, difícil apresentar pros pais.

Ela vai te enlouquecer pra ver do que é capaz
Vai fazer você sentir inveja de outros casais
E você vai ver que as outras eram todas iguais
Vai querer comprar um sítio em Minas Gerais

Essa mina é uma daquelas fenomenais
Vitamina, é proteína e sais mineirais
Ela é vida, após a vida
Despedida pros seus dias mais normais
Pra que mais?

(Projota)

01) Que característica da mulher podemos extrair do primeiro verso da canção?

02) E qual é a presente no segundo verso? Isso, afinal, é bom ou ruim?

03) Que conselho é dado na primeira estrofe?

04) Copie da canção um bom exemplo de metáfora, explicando seu raciocínio:

05) Explique o porquê das repetições presentes na terceira estrofe:

06) Copie do texto um exemplo de vocativo:

07) No que a mulher descrita na canção difere das outras? Explicite:

08) Copie do texto uma antítese, justificando sua resposta:

09) Transcreva um verso que tenha atraído a sua atenção, explicando o motivo:

10) Transcreva do texto exemplos de oralidade:

11) Que mensagem a música lhe transmitiu?

12) Diga a que classe gramatical pertence cada uma das palavras destacadas no texto:

domingo, 24 de março de 2019

Atividade sobre Surrealismo / Modernismo

"Em uma ilha deserta, foi encontrada uma criatura bem estranha: uma árvore humanóide.
Sua cabeça é um triângulo com três olhos e seu cabelo é a copa de uma árvore. No meio das folhas, podemos ver vários tipos de frutas. A criatura não tem nariz, não tem boca, mas tem um grande bigode.

Do seu tronco saem seis braços em forma de galhos e na ponta de cada braço, um olho.

Ela estava dentro de um aquário."

Atividade óóóóótima para trabalhar Surrealismo e também dá para incrementar as aulas de Modernismo, pedindo para os alunos tentarem ser o mais nacionalistas possível, a exemplo de Tarsila do Amaral, colorindo com as cores da nossa bandeira, etc... O que acham?!? 

Aqui alguns exemplos beeeeeem interessantes... 













sexta-feira, 22 de março de 2019

Atividade sobre anúncio publicitário - Evite desperdício de água!


01) O anúncio acima possui uma parte verbal e uma não verbal. Diferencie uma da outra:

02) Qual dessas duas partes, na sua opinião, teve mais impacto no anúncio? Por quê?

03) Por que você  acha que a água do chuveiro é fio de lã? O que representa essa imagem?

04) Qual o objetivo do anúncio?

05) Explique a importância do verbo no modo imperativo para o contexto:

06) Que mensagem deve ser extraída desse anúncio publicitário?

terça-feira, 19 de março de 2019

Atividade sobre a obra "A caipirinha" (1923) - Tarsila do Amaral



01) Explique por que o quadro tem esse título, aproveitando para sugerir um outro:

02) Observe que Tarsila optou por usar algumas formas geométricas em tal obra. Que nome se dá a essa tendência?

03) Descreva detalhadamente a imagem, usando o maior número possível de adjetivos:

04) Do que esse quadro fez você se lembrar? O que você primeiro reparou nele?

05) Quais são as cores predominantes nessa obra?

06) Que sensação a obra lhe transmitiu?

domingo, 17 de março de 2019

Atividade sobre a obra "Antropofagia" (1929) - Tarsila do Amaral



01) Tal obra de arte é a junção de outras duas obras de Tarsila do Amaral. Quais são elas?

02) Qual o objetivo de tal junção?

03) Por que tal obra foi tão importante para o Modernismo brasileiro?

04) Que cores predominam nessa obra? O que isso revela?

05) Que outro título você daria a essa obra? Por quê?

06) Que mensagem a obra de arte lhe transmitiu e que sentimento ou emoção ela despertou em você?

sexta-feira, 15 de março de 2019

Atividade sobre a música "A minha alma", de O Rappa


A minha alma

A minha alma tá armada e apontada
para a cara do sossego,
pois paz sem voz
não é paz, é medo

Às vezes eu falo com a vida
Às vezes é ela quem diz:
-- Qual a paz que eu não quero conservar
pra tentar ser feliz?

As grades do condomínio são pra trazer proteção,
Mas também trazem a dúvida se é você
que tá nessa prisão...

Me abrace e me dê um beijo
faça um filho comigo, 
mas não me deixe sentar na poltrona 
no dia de domingo.

Procurando novas drogas de aluguel
nesse vídeo coagido
É pela paz que eu não quero seguir...
Admitido.

(O Rappa)

01) Copie do texto trechos com marcas de oralidade:

02) O que significa "A minha alma está armada e apontada"?

03) De que grades o eu lírico está falando na terceira estrofe? Explique:

04) O que seria a "paz ter voz"? Você concorda que "paz sem voz é medo"? Justifique sua resposta: 

05) Responda à pergunta feita na segunda estrofe: 

06) Qual é a ideia indicada pelo conectivo destacado na primeira estrofe? 

07) O que seria um "vídeo coagido"? Explique:

08) Podemos considerar a canção um texto literário? Por quê?

09) Explique a utilização dos verbos no modo imperativo na quarta estrofe: 

10) Que ideia é transmitida pelo conectivo em destaque nessa mesma estrofe?

11) O que significa a passagem "mas não me deixe sentar na poltrona no dia de domingo"?

12) Como você interpretaria a palavra "admitido", que finaliza a canção? Explique: 

13) Que mensagem a canção lhe transmitiu? Comente:

14) Diga a que classe gramatical pertence cada palavra sublinhada no texto: 

quinta-feira, 14 de março de 2019

Atividade sobre a obra "A virgem do fuso" - Lernardo da Vinci (1501)




01) O que o fuso representa tanto para a mãe quanto para o filho?

02) Na sua compreensão, como o menino olha para o fuso (a cruz) que segura e por quê?

03) E o olhar da mãe para ele? O que poderia nos dizer?

04) O lugar em que eles se encontram, aparentemente, é distante, afastado de uma cidade ou povoado. Que relação isso teria com a historia da virgem e seu filho? Responda em um texto dissertativo:

05) Identifique a sensação causada pela cor azul na figura:

06) Crie um novo título para a pintura de Da Vinci:

07) Observe a imagem e diga como você vê o relacionamento mãe-filho?

08) Com criatividade e sensibilidade, elabore um acróstico com o título da obra:

09) Defina a obra com apenas uma palavra, justificando sua resposta:

10) Quantos anos a virgem parece ter? E a criança?

11) Escreva uma carta ao pintor opinando sobre ela:

12) Crie uma mensagem publicitária utilizando a obra como inspiração:

13) Use sua criatividade e faça uma releitura da obra, transportando as duas personagens para os dias atuais:

14) A virgem com uma das mãos segura o filho e a outra mão está meio levantada. O que isso pode representar?

15) Descreva o olhar da mãe. O que ele expressa?

16) A criança, na imagem, segura um objeto (fuso) que lembra uma cruz, de forma que o significado fica ambíguo. Qual seria uma possível explicação para a presença do fuso/cruz na obra?

quarta-feira, 13 de março de 2019

Atividade sobre a obra "Sol poente" (1929) - Tarsila do Amaral



01) Qual foi a sua primeira impressão ao olhar para esse quadro?

02) O que você acha que essa obra representa?

03) Analise o esquema de cores:

04) Que outro título você daria a essa obra?

05) Por que podemos afirmar que essa obra pertence à fase antropofágica da pintora?

06) Com o que as pedras se parecem?

07) Que mensagem a obra em questão lhe transmitiu?

terça-feira, 5 de março de 2019

Atividade sobre a música "Meu novo mundo", de Charlie Brown Jr.


Meu novo mundo

Como se o silêncio dissesse tudo
Um sentimento bom que me leva pra outro mundo
A vontade de te ver já é maior que tudo
Não existem distâncias no meu novo mundo

Tipo coisas da sétima arte
Aconteceu sem que eu imaginasse

Sonho de consumo: cantar na sua festa
Vem dançar comigo,
Aproveita e me sequestra
Amor vagabundo, intenso ou muita pressa
Não sei como termina, mas sei como começa

Fiz essa canção pra dizer algumas coisas
Cuidado com o destino
Ele brinca com as pessoas
Tipo uma foto com sorriso inocente,
Mas a vida tinha um plano e separou a gente.

Mas se quem eu amo tem amor por mim
Eu sei que ainda estamos muito longe do fim
A vontade de te ver já é maior que tudo
E não existem distâncias no meu novo mundo...

(Charlie Brown Jr.)

01) Justifique o título da canção:

02) Pode o silêncio dizer tudo ou se trata de um paradoxo? Comente:

03) Transcreva do texto um verso que contém uma antítese, explicando seu raciocínio:

04) Como seria esse "novo mundo" de que fala o poeta? Defina-o, caracterize-o:

05) Que alerta o eu lírico faz? Você concorda com isso?

06) A canção deixa subentendido um possível fim para a relação. Qual seria ele? Explique:

07) Que mensagem o texto transmite? Comente:

domingo, 3 de março de 2019

Pesamentos para provas e atividades - Parte VI

Tentando trazer para cá mais pensamentos e reflexões para colocar no final das provas e atividades, pois adoro! E você? Já estamos na nossa parte VI... e vamos ver até onde vamos parar... Tomara que longe, bem longe! 

101) "Quem anda no trilho é trem de ferro, sou água que corre entre pedras:
liberdade caça jeito."

(Manoel de Barros)

102) "Penetra surdamente no reino das palavras".

(Carlos Drummond de Andrade)

103) "Não tenho possibilidade de consertar nada,
mas tenho a obrigação de denunciar tudo."

(Chico Anysio)

104) "A leitura torna o homem completo".

(Francis Bacon)

105) "A liberdade é a possibilidade do isolamento.
Se te é impossível viver só, nasceste escravo".

(Fernando Pessoa)

106) "Não cortaremos os pulsos; ao contrário:
costuraremos com linha dupla todas as feridas abertas".

(Lygia Fagundes Telles)

107) "Viver é correr riscos."

(Guimarães Rosa)

108) "Meu corpo é um estrangeiro a quem levo pão e água diariamente."

(Murilo Mendes)

109) "Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância".

(Sócrates)

110) "O medo tem alguma utilidade, mas a covardia não."

(Mahatma Gandhi)

111) "A arte nasce da dor, como a pérola".

(Monteiro Lobato)

112) "Não me deixe viver o que posso,
que me seja permitido desaprender os limites."

(Fabrício Carpinejar)

113) "A grande desgraça do mundo é a coleira.
E como há coleiras espalhadas pelo mundo."

(Monteiro Lobato)

114) "Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo,
prefiro acreditar no mundo do meu jeito."

(Renato Russo)

115) "Contudo, o homem não é igual a nenhum outro homem,
bicho ou coisa. Não é igual a nada. Todo ser humano é um estranho ímpar."

(Carlos Drummond de Andrade)

116) "É preciso ser leve como o pássaro,e não como a pluma."

(Paul Valéry)

117) "Canta, poeta, canta
Violenta o silêncio conformado
Cega com outra luz a luz do dia
Desassossega o mundo sossegado
Ensina a cada alma a sua rebeldia."

(Miguel Torga)

118) "O que há de mais importante na Literatura, sabe?
É a aproximação, a comunhão que ela estabelece entre seres humanos,
mesmo à distância, mesmo entre mortos e vivos.
O tempo não conta para isso. Somos contemporâneos de Shakespeare
e de Virgílio. Somos amigos pessoais deles.

(Carlos Drummond de Andrade)

119) "Perdi-me dentro de mim
Porque eu era labirinto
E hoje quando me sinto
É com saudades de mim."

(Mário de Sá Carneiro)

120) "Comigo me desavim
Sou posto em todo perigo
Não posso viver comigo
Nem posso fugir de mim."

(Sá de Miranda)

Atividade sobre a obra "Mulher no espelho" e "Traduzir-se"


01) O que a obra em questão retrata?                                    

02) Que tipo de figuras geométricas e linhas o pintor usa na composição da obra?

03) O que essa imagem simboliza para você?

04) Justifique o título da obra, aproveitando para criar um outro:

05) Você gostou dessa obra de arte? Por quê?

06) Que mensagem podemos extrair dessa imagem?

07) Analise o poema abaixo para, em seguida, fazer uma relação entre ele e essa obra de arte:


Traduzir-se

Uma parte de mim
é todo mundo;
Outra parte é ninguém
fundo sem fundo.

Uma parte de mim 
é multidão;
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera;
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta;
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente;
outra parte
se sabe de repente. 

Uma parte de mim
é só vertigem;
outra parte, 
linguagem.

Traduzir uma parte
na outra parte
-- que é uma questão
de vida ou morte --
será arte?

(Ferreira Gullar)

08) Quantas estrofes há no poema? E quantos versos há em cada estrofe?

09) Quais as expressões mais frequentes tem todo o poema?

10) Qual o objetivo do poeta com essas repetições?

11) Transcreva do texto duas antíteses, explicando seu raciocínio:

12) Caracterize as duas partes mencionadas no poema:

13) Em algum momento do texto, o poeta julga uma parte melhor do que a outra? O que isso revela?

14) O que você acha que significa "traduzir uma parte / na outra parte"? Como isso é possível? 

15) Por que traduzir uma parte na outra parte é uma questão de vida ou morte? 

16) O que você entende pela pergunta feita na última estrofe? 

17) Que mensagem o poema lhe transmitiu? 

18) Trata-se de um poema de caráter predominantemente:

(A) Lírico, que revela os sentimentos do poeta.
(B) Social, que denuncia os sofrimentos vividos por todo um povo.
(C) Universal, que fala sobre conflitos internos do ser humano em geral.
(D) Religioso, que trata da relação do indivíduo com o que lhe é transcendente. 

sábado, 2 de março de 2019

Atividade sobre anúncio - Por uma alimentação mais saudável


01) A que público se destina esse anúncio? Qual o objetivo do mesmo? Justifique sua resposta:

02) Podemos afirmar que tal anúncio foi basicamente construído em cima de uma antítese? Se sim, qual seria ela? Explique seu raciocínio:

03) Qual a função da linguagem que predomina no texto? Comente: 

04) O que você entende por "viver com a saúde nas nuvens"?

05) Por que não há nada escrito na parte do "céu / anjo / bem"? 

06) Crie uma legenda (bem criativa) também para tal parte: 

07) Qual a importância da passagem "Não dê ouvidos ao que faz mal" considerando o contexto? Podemos afirmar que existe nela uma ambiguidade? Explique: 

08) Circule dois verbos no modo imperativo e diga qual a importância deles para o anúncio:

09) Que elementos aparecem em comum nos dois alimentos? E que elementos podem ser considerados "do mal" no primeiro? 

10) Apesar de estarem no mesmo campo semântico, nutritivo e saudável têm significados diferentes. Explique cada um deles, exemplificando com uma frase:

11) Levando em conta os seus hábitos alimentares, para onde você iria? Comente: 

12) Qual a importância da linguagem não-verbal para a eficácia do anúncio?

13) "Mal" e "Bom", presentes no anúncio, correspondem a antônimos? Justifique sua resposta:

14) Quantos períodos temos no anúncio? Divida-os e classifique-os: 

(Participação especial das amigas artemanhosas Marisa Silveira,
Cristiane Guntensperger e Lívia Ramos!)

sexta-feira, 1 de março de 2019

Atividade sobre a obra "Operários" (1933) - Tarsila do Amaral



01) Em termos de origem étnica, os personagens representados parecem semelhantes ou diversos? O que isso pode indicar, levando-se em conta o título da obra? 

02) As chaminés ao fundo podem ser vistas como símbolos de quê?

03) Sabendo-se que o quadro é de 1933, ele revela alguma mudança na posição da mulher em nossa sociedade? Explique: 

04) Você consegue contar quantos rostos são? O que todos eles têm comum? O que isso revela? 

05) Que sentimento tal obra despertou em você? Justifique sua resposta:

06) O que a obra denuncia? Comente:

07) Dê um outro título para essa obra de arte:

08) Usando cola, tesoura e revistas, faça uma montagem tendo essa obra como base:

09) Faça um trabalho de releitura, caprichando ao máximo! Mãos à obra!

P.S.: Dá para fazer um trabalho bem legal de INTERTEXTUALIDADE com a obra em questão e com a música "Cidadão", com Zé Ramalho, presente AQUI, também com o texto "Operário em construção", de Vinícius de Moraes, que também faz parte AQUI do blog, e, ainda, com a música "Construção", do Chico Buarque, que também temos AQUI no blog! Recomendo! Experimente!