quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Quem não gosta de trabalhar com charges?!?

01) O que a charge acima denuncia?

02) No que esse homem presente nela poderia estar pensando?

03) Por que a cabeça dele é tão pequena?

04) O que existe no fundo desse poço para a personagem querer tanto comprar?

05) Que provérbio poderia estar associado a essa charge?

06) Observe a imagem e informe como a tecnologia colabora no sentido de "um menor esforço físico":

07) Monte uma palavra cruzada com o tema central sendo TECNOLOGIA, utilizando todas as letras dessa palavra para relacionar a outras, dando dicas das mesmas, claro! 

08) Refaça a charge considerando a realidade de 50 anos atrás: 

09) Refaça-a agora imaginando uma provável realidade daqui a 50 anos: 

10) Crie uma frase com a palavra POÇO tendo o sentido denotativo e outra com o sentido conotativo, explicando: 

11) Altere a charge com 5 mudanças notáveis e explique o porquê de cada uma delas: 

12) Que título você daria a essa charge? 

13) Que mensagem a charge lhe transmitiu?

14) Associe a charge à imagem abaixo:


(Agradecimentos às amigas artemanhosas Nalvinha, Aparecida e Zizi pela parceria!)

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Só para esclarecer uma coisinha...


Eu ia até ignorar, deixar pra lá, ou simplesmente deletar daqui do blog os comentários semelhantes a este acima, só que eles, infelizmente, têm sido beeeeeem frequentes, então resolvi escrever esta postagem a fim de esclarecer algumas coisas, apesar de já considerar muuuuuuito clara a minha postura na resposta dada a ele!  

Primeiro que não ganho NADA com este blog (além de muitas amizades feitas através dele e que faço questão de manter) e, se o atualizo, há anos, é por pura BOA VONTADE e desejo de trocar, de ajudar alguns colegas, dando ideias de atividades e afins. Parece pouco para alguns? Lamento! Arregace as mangas e faça melhor, do jeitinho que acha que tem valor! Quer gabarito? Encontre alguém que faça isso para você e PAGUE pelo serviço dessa pessoa, pois como dá trabalho, muito mais, aliás, do que a pessoa preguiçosa pensar ou ler um livro ou ver um filme em questão. 

Segundo: não faço gabarito nem para mim, até porque grande parte das questões é aberta, ou seja, cabem várias respostas, desde que se use o chamado BOM SENSO que, vale lembrar, não vem incluso no "salvador" gabarito! É algo exercitado, diariamente! 

Terceiro: é uma escolha MINHA, portanto, não fazer nem disponibilizar gabaritos aqui. PONTO. Nenhum recadinho, por mais lindinho, meigo e carinhoso que seja -- e que não é o caso deste em questão -- vai me convencer a mudar de ideia. Ainda mais quando ele vem mal escrito, em caixa alta (que na internet significa GRITAAAAAAAAAAAAR, revelando, assim, uma tremenda falta de educação, além da gritante cara de pau) e cheio de arrogância, o que é típico de uma pessoa folgada, abusada e invasiva, que gosta de exigir, mas que provavelmente não deve fazer nada de positivo na vida (ou será que também tem um blog?!?). Dá pena de pensar que tenho colegas desse nível, mais dependentes de gabarito do que muitos viciados em drogas! Precisam se tratar e conquistar a carta de alforria! Aposto que podem, se desejarem! 

Enfim, é isso! Não adianta insistir e, se pensa que atividades sem gabarito não têm valor, pode se esquecer, agora mesmo, do endereço deste blog! Combinado?!? Um abraço. Para todos -- até mesmo para os parasitas, folgados e pobres de espírito (que fiz questão de esconder o nome pra não dar IBOPE nem os famoso "quinze minutinhos de fama").

Deixo aqui, para finalizar, uma reflexão do Armandinho, personagem que eu simplesmente adoro:


sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Você já conhece o maravilhoso "Projeto Redação"

Todo mundo já sabe que eu adoro compartilhar tudo aquilo que eu acho valioso e é por isso que eu estou aqui hoje -- para fazer um convite: Que tal conhecer o melhor site de correção de redações para o ENEM?!? Trata-se do "PROJETO REDAÇÃO", do qual eu já era fã antes mesmo de fazer parte da equipe!

Há um pouco mais de um ano, surgiu a oportunidade -- única -- de participar daquela equipe maravilhosa, da qual eu  tenho muuuuito orgulho de fazer parte, que tem ótimas ideias, que usa e abusa da criatividade e arregaça mesmo a manga, trabalhando para oferecer sempre o melhor para cada um! E tudo isso por um precinho super acessível, embora você também possa aproveitar muuuuito de forma 0800! 

Toda semana temos novidades por lá: novos temas (já são taaaaaantos), dicas super interessantes, correção detalhada do texto enviado, podcasts sobre os temas... enfim, há muita coisa legal e importante esperando por você! 

Eu, por exemplo, já participei também publicando dois temas de redação, com seus respectivos podcasts, apesar da minha voz de gralha (nada contra as gralhas, diga-se de passagem): "A doação de órgãos no Brasil e seus principais desafios" e "Como enfrentar o dilema da Nomofobia no Brasil", que vocês podem acessar clicando nos links abaixo, respectivamente:



https://www.projetoredacao.com.br/temas-de-redacao/como-enfrentar-o-dilema-da-nomofobia-no-brasil

Não deixem de conferir!

Um abraço!