sexta-feira, 28 de outubro de 2016

"Um homem também chora", de Gonzaguinha


Um homem também chora

Um homem também chora,
menina morena,
também deseja colo
palavras amenas.
Precisa de carinho,
Precisa de ternura.
Precisa de um abraço
 da própria candura.

Guerreiros são pessoas
são fortes
são frágeis
Guerreiros são meninos
no fundo do peito
Precisam de um descanso
Precisam de um remanso
Precisam de um sono
que os torne refeitos

É triste ver este homem
guerreiro
menino
com a barra de seu tempo
por sobre seus ombros.
Eu vejo que ele berra
Eu vejo que ele sangra
a dor que tem no peito
pois ama e ama
O homem se humilha
se castram seu sonho
seu sonho é sua vida
e vida é trabalho
e sem o seu trabalho
um homem não tem honra
e sem a sua honra
se morre
se mata
Não dá pra ser feliz
Não dá pra ser feliz...

(Gonzaguinha)

01) Com quem fala o eu lirico da música acima? Justifique sua resposta, com uma passagem do texto:

02) Segundo o texto, quem são os guerreiros? De que precisam?

03) Por que o autor diz que este homem é um "guerreiro menino"?

04) Explique os versos: "o homem se humilha / se castram seu sonho / seu sonho é sua vida":

05) Você concorda com o autor ao dizer que "a vida é trabalho"? Por quê? 

06) Por que o poeta diz que "não dá pra ser feliz"? 

07) Transcreva do texto um exemplo de antítese, explicando seu raciocínio:

08) Que mensagem a música lhe transmitiu? Explique:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!