quinta-feira, 20 de outubro de 2016

"Nunca descuidando do dever", de Marina Colasanti

Jamais permitiria que seu marido fosse para o trabalho com a roupa mal passada, não dissessem os colegas que era esposa descuidada. Debruçada sobre a tábua com olho vigilante, dava caça às dobras, desfazia pregas, aplainando punhos e peitos, afiando o vinco das calças. E a poder de ferro e goma, envolta em vapores, alcançava o ponto máximo da sua arte ao arrancar dos colarinhos liso brilho de celulóide

Impecável, transitava o marido pelo tempo. Que, embora respeitando ternos e camisas, começou sub-repticiamente a marcar seu avanço na pele do rosto. Um dia notou a mulher um leve afrouxar-se das pálpebras. Semanas depois percebeu que, no sorriso, franziam-se fundos os cantos dos olhos. 

Mas foi só muitos meses mais tarde que a presença de duas fortes pregas descendo dos lados do nariz até a boca tornou-se inegável. Sem nada dizer, ela esperou a noite. Tendo finalmente certeza de que o homem dormia o mais pesado dos sonos, pegou um paninho úmido e, silenciosa, ligou o ferro.

(Marina Colasanti)

01) A proposta é a seguinte: Você continuará o texto acima, imaginando possíveis continuações para a situação apresentada. 

Componha dois pequenos textos (cerca de dez ou doze linhas):

a) um com desfecho trágico;

b) outro com desfecho cômico;

02) Justifique o título do texto, aproveitando para criar um outro: 

03) Pelo texto, apresente 5 características para a mulher e mais 5 para o marido:

04) Assinale o substantivo que melhor define a esposa:

(A) gratidão;
(B) respeito;
(C) insegurança;
(D) vaidade;
(E) obstinação;

05) Comprove a sua resposta para a questão anterior com uma ou mais passagens do texto:

06) Faça a análise morfológica das palavras destacadas no texto:

07) Divirta-se com a história em questão transformada em HQ:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!