terça-feira, 20 de setembro de 2016

Resultado da Produção Textual


Um texto bem divertido e criativo criado por dois alunos meus, do Sodré, com alguns ajustes, utilizando os ditados populares, que foi uma proposta de atividade já compartilhada aqui, para trabalhar, dentre outras coisas, COESÃO e COERÊNCIA! Espero que gostem! 

A "brodheragem"

Gabriel foi a uma festa e lá se sentiu "um peixe fora d´água", aí "chutou o balde" e foi embora para casa. Lá chegando, descobriu que um amigo tinha "batido as botas", então ele colocou "as cartas na mesa" e disse que era um "testa de ferro" de um político bastante conhecido. "Acertou na mosca", mas "ficou com o pé atrás", pois suas ideias também "não tinham pé nem cabeça". 

Pra completar, ligaram do hospital onde o seu pai estava internado, e ele pensou que fosse para ele "descascar um abacaxi", mas chegando lá descobriu que o pai tinha "batido as botas" também, depois de ele ter "colocado as barbas de molho" e não adiantava mais "chorar pelo leite derramado". "Engoliu sapo" e foi "procurar pêlo em ovo", porque sentiu "ter pisado na bola", com uma tremenda "pedra no sapato", com vontade de "pendurar as chuteiras" da vida. 

Agora, já que "meteu os pés pelas mãos", parou de "andar na linha", de "tomar chá de cadeira", e, como estava "com a faca e o queijo na mão", foi lavar a mão de um amigo, "soltaram a franga", afinal, "uma mão lava a outra"! Só que ele ficou "marcando touca", "com a corda no pescoço", já que acabou "segurando vela" pro tal amigo. Fez "tempestade em copo d´água", bancou o "João sem braço" e foi "tirar água do joelho", o que foi "uma mão na roda", já que deu tempo de o amigo se livrar da menina, "quebrando o galho" dele. 

Depois de "encherem linguíça", jogando conversa fora, acabaram "entrando pelo cano", pois a consciência pesou por terem "enfiado o pé na jaca". Gabriel ficou cheio de "minhocas na cabeça", mas seu amigo continuou "pintando o sete", já que é um "mala sem alça" e ele, consciente, que acabou "pagando o pato", se sentindo "pisando em ovos" e viu, finalmente, que estava "trocando as bolas", pois tudo isso não passou de um sonho! Acordou! 

(Autores: Iury Silva e Everton Oliveira - Turma 3006)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!