quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Filme "Perfume - a história de um assassino" (147 min)


Sinopse: Narra trajetória de Jean-Baptiste Grenouille, nascido no local mais mal cheiroso da França, no Cemitério dos Inocentes, em Paris. Fora rejeitado pela mãe, pelas amas-de-leite e pelas instituições religiosas desde o nascimento por não ter o mesmo cheiro que todos os bebês, ainda assim, consegue sobreviver a despeito de tudo e de todos, superando ao longo de sua história doenças mortais, quedas, arranhões, maus tratos...

01) O que leva João a seguir a moça que vendia frutas, sua primeira vítima? Relacione sua resposta ao fato de ele ser diferente desde o nascimento: 

02) O cheiro inebriante desta moça o faz ter um propósito na vida. Qual?

03) O que leva João à cidade de Grasse? 

04) Havia milhares de cheiros em sua roupa, menos um. Qual? O que isso revela?

05) Por que ele não "matava" pessoas do sexo masculino? 

06) Que espécie de aroma ele queria guardar das mulheres?

07) Qual era o fascínio que Laura exercia sobre João?

08) Que "perfume" João buscava montar com o cheiro de cada mulher que "matava"? 

09) De que modo Laura completava o perfume que ele montava?

10) No local onde seria sacrificado, ele lança de um lenço um cheiro diferente que entorpece a todos. Que cheiro seria esse? 

11) Por que, passado uns instantes, todos caem naturalmente em orgia? 

12) Por que o pai de Laura, no final, ainda pede perdão ao assassino de sua filha?

13) Ele não é sacrificado. Qual é então o motivo dessa sua redenção? por que você acha que ele é "poupado"? O que isso revela?

14) Por que seu perfume escravizava a todos?

15) Qual é a única coisa que João não consegue em sua vida toda?

16) Você acha que, no final, ele abdicou de um "poder"? De qual? Como você vê isso? Explique:

17) No decorrer do filme, você sentiu mais revolta com relação ao protagonista ou mais pena? Justifique sua resposta:

18) O que você achou do final do filme? Comente: 

19) De que parte do filme você mais gostou? Por quê? 

20) Posicione-se sobre essa passagem do escritor alemão Patrick Suskind, relacionando-a ao filme: "... as pessoas podiam fechar os olhos diante da grandeza, do assustador, da beleza, e podiam tapar os ouvidos diante da melodia ou de palavras sedutoras. Mas não podiam escapar ao aroma. Pois o aroma é um irmão da respiração. Com esta, ele penetra nas pessoas; elas não podem escapar-lhe caso queiram viver. E bem para dentro delas é que vai o aroma, diretamente ao coração, distinguindo lá categoricamente entre atração e menosprezo, nojo e prazer, amor e ódio. Quem dominasse os odores dominaria o coração das pessoas": 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!