domingo, 14 de agosto de 2016

Atividade sobre o curta "Acorda, Raimundo, acorda!" (16 min)


Sinopse: Paulo Betti é um dono de casa, grávido, que vive oprimido por sua mulher (Eliane Giardini). Ela trabalha fora enquanto ele toma conta das crianças e da casa. Numa situação inversa, reproduz a relação machista comum entre as famílias de trabalhadores brasileiros. Baseando-se na rádio-novela de José Ignácio Lopez Vigil, o vídeo mostra a mulher chegando em casa tarde, depois de tomar umas cervejas com amigas de trabalho. Enfatiza a dificuldade do dono de casa para conseguir com a mulher uns trocados para o mercado e para as necessidades das crianças. Com a participação de José Mayer (outro dono de casa) e de Zezé Motta (outra trabalhadora), o filme apresenta a realidade cotidiana de forma invertida entre os sexos. Para os homens, essa situação é apresentada como um verdadeiro pesadelo. Um pesadelo do qual homens e mulheres devem acordar.

01) O que mais lhe chamou a atenção no curta? Justifique sua resposta:

02) Utilize o curta e a tirinha abaixo para explicitar a sua opinião no que diz respeito à dominação masculina, apontando soluções para o problema do machismo:


03) Quais as implicações das diversas situações de exclusão social vivenciadas pelos jovens no que diz respeito à dominação masculina? Comente:

04) No filme, como é a relação com o dinheiro na casa de Raimundo e Marta? Em que momentos esse poder de um sobre o outro fica claro? Explique:

05) Na cena em que o compadre de Raimundo vem pedir sal, o filho de Raimundo brinca no quintal. A brincadeira do menino aponta para um “papel de gênero” que no filme está invertido. Qual é esse papel? Justifique sua resposta:

06) O que o filme denuncia? E a charge abaixo? O que você pensa a respeito das datas comemorativas? Comente:


07)  Tal filme foi feito em 1990, passados 23 anos, o que mudou nas relações homem/mulher? Em sua opinião, o que melhorou? O que piorou? Discorra sobre isso:

08) Podemos afirmar que a HQ abaixo dialoga com o curta assistido? Por quê? 


09) Leia o texto “A autoridade”, do escritor uruguaio Eduardo Galeano:

        “Em épocas remotas, as mulheres se sentavam na proa das canoas e os homens na popa. As mulheres caçavam e pescavam. Elas saíam das aldeias e voltavam quando podiam ou queriam. Os homens montavam as choças, preparavam a comida, mantinham acesas as fogueiras contra o frio, cuidavam dos filhos e curtiam as peles para abrigo.
         Assim era a vida entre os índios no sul da América do Sul, até que um dia os homens mataram todas as mulheres e puseram as máscaras que as mulheres tinham inventado para aterrorizá-los.
        Somente as meninas recém-nascidas se salvaram do extermínio. Enquanto elas cresciam, os assassinos lhes diziam e repetiam que servir aos homens era seu destino. Elas acreditaram. Também acreditaram suas filhas e as filhas de suas filhas”.

Faça um comentário de, no mínimo, 10 linhas sobre tal texto, associando-o ao curta:

10) Que mensagem o curta lhe transmitiu? Explique bem: 

Um comentário:

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!