domingo, 31 de julho de 2016

"Para que ninguém a quisesse", de Marina Colasanti

Para que ninguém a quisesse

Porque os homens olhavam demais para sua mulher, mandou que descesse a bainha dos vestidos e parasse de se pintar. Apesar disso, sua beleza chamava atenção, e ele foi obrigado a exigir que eliminasse os decotes, jogasse fora os sapatos de saltos altos. Dos armários tirou as roupas de seda, da gaveta tirou todas as jóias. E vendo que, ainda assim, um ou outro olhar viril se acendia à passagem dela, pegou a tesoura e tosquiou-lhe os longos cabelos.

Agora podia viver descansado. Ninguém a olhava duas vezes, homem nenhum se interessava por ela. Esquiva como um gato, não mais atravessava praças. E evitava sair.

Tão esquiva se fez, que ele foi deixando de ocupar-se dela, permitindo que fluísse em silêncio pelos cômodos, mimetizada com os móveis e as sombras.

Uma fina saudade, porém, começou a alinhar-se em seus dias. Não saudades da mulher. Mas do desejo inflamado que tivera por ela.

Então lhe trouxe um batom. No outro dia um corte de seda. À noite tirou do bolso uma rosa de cetim para enfeitar-lhe o que restava dos cabelos.

Mas ela tinha desaprendido a gostar dessas coisas, nem pensava mais em lhe agradar. Largou o tecido numa gaveta, esqueceu o batom. E continuou andando pela casa de vestido de chita, enquanto a rosa desbotava sobre a cômoda.
(Marina Colasanti)


01) Identifique a afirmativa correta:

(  ) O texto lido é uma história para ser representada num palco. 
(  ) O texto lido resume-se às confissões dos sentimentos íntimos de um poeta.
(  )  O texto lido é uma narrativa. 

02) Justifique sua resposta dada à questão anterior:

03) O narrador preocupa-se em registrar seu mundo interior ou em apresentar um fato do mundo exterior? Justifique-se: 

04) Ciúme / Beleza. Em relação à história lida, qual dessas palavras expressa CAUSA e qual expressa CONSEQUÊNCIA? Explique rapidamente:

05) No texto aparecem duas personagens que vivem uma situação de desequilíbrio. Que desequilíbrio é esse? Percebemos a situação ou tomamos conhecimento dela através da fala do narrador? O que isso revela? 

06) “...mimetizada com os móveis e as sombras”. Essa frase expressa, conotativamente, o resultado da violência do marido contra a mulher. Explique por quê:

07) Releia esses fragmentos do texto: “mandou que descesse a bainha”, “exigiu que eliminasse os decotes”,  “permitindo que fluísse em silêncio”. Os verbos destacados denunciam a concepção que o tal marido fazia de sua esposa. Que concepção era essa? Justifique: 

08) No fundo, o marido não só conseguiu fazer com que os homens não olhassem mais para sua esposa como o “feitiço” também atingiu a ele próprio. Copie uma passagem do texto que comprove essa afirmação:

09) Qual a mensagem que o texto lhe transmitiu? Explique-a: 

10) Classifique as orações destacadas no texto: 

11) Classifique a oração que aparece em negrito no texto, justificando bem a sua resposta: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!