quarta-feira, 20 de julho de 2016

Este texto é muito bom e sempre arranca boas risadas!



Conversa de mãe e filha

-- Manhê, eu vou me casar.

-- Ah? O que foi? Agora não, Anabela. Não está vendo que eu estou no telefone?

-- Por favor, por favooooooooor, me faz um lindo vestido de noiva, urgente?

-- Pois é, Carol. A Tati me disse que comprava e no final mudou de ideia. Foi tudo culpa da...

-- Mãe, presta atenção! O noivo já foi escolhido e a mãe dele já está fazendo a roupa. Com gravata e tudo!

-- Só um minutinho, Carol. Vestido de... casar?! O que é isso, menina, você só tem dez anos? Alõ, Carol? 

-- Me ouve, mãe! Os meus amigos também já foram convidados! E todos já confirmaram presença. 

-- Carol, tenho que desligar. Você está louca, Anabela? Vou já telefonar para o seu pai. 

-- Boa! Diz para ele que depois vai ter a maior festança. Ele precisa providenciar pipoca, bolo de aipim, pé-de-moleque, canjica, curau, milho na brasa, guaraná, quentão e, se puder, churrasco no espeto e cuscuz. E diz para ele não esquecer... quero fogueira e muito rojão pra soltar na hora do: "Sim, eu aceito". Mãe? Mãe? Manhêêê!!! Caiu pra trás! Vinte minutos depois. 

-- Acorda, mãe...

Desculpa, eu me enganei, a escola vai providenciar os comes e bebes. O papai não vai ter que pagar por nada, mãe, acooooooorda. Ô vida! Que noiva sofre eu já sabia. Mas até noiva de quadrilha?!

(Tereza Yamashita e Luiz Brás)


01) Circule no texto três vocativos, explicando seu raciocínio:

02) Transcreva do texto exemplos da linguagem coloquial e explique a importância deles para o contexto:

03) Qual a diferença entre o primeiro "por favor" e o segundo, situados no terceiro parágrafo? Qual, para você, foi mais expressivo? Por quê? 

04) Justifique o emprego das reticências no quarto parágrafo: 

05) Copie uma passagem do texto em que a mãe dá atenção à filha, mas não a suficiente, explicando por quê: 

06) Qual a intenção da mãe ao mencionar que ligaria para o pai? Você acha que os pais são separados ou não, pelo contexto? Por quê? 

07) O que aconteceu com a mãe? Por quê? 

08) Por que a menina pensou que a mãe tivesse desmaiado? 

09) O que a palavra "acooooooooorda", localizada no final do texto, transmite? 

10) Podemos afirmar que houve um certo suspense no texto? Por quê? 

11) Em que momento dá pra desconfiar de que a noiva não era pra valer e sim pra quadrilha? 

12) Por que podemos afirmar que se trata de um miniconto? 

13) Que mensagem o texto lhe transmitiu?

14) Por que podemos afirmar que ele é todo construído através de diálogo? Qual a importância dessa construção para o texto? 

4 comentários:

  1. Texto realmente cheio de suspense, por isso a razão da pergunta número onze. Tudo muito bem construido! Parabéns pela criatividade de sempre!!! Adorei!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro esse texto! Sempre levanta o nosso astral e é tão bom, né? Por que não tentar aprender brincando?!? Beijocas...

      Excluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!