sábado, 30 de julho de 2016

Criando histórias a partir de uma NOTÍCIA de jornal...


Namoro entre pangaré e égua acaba na polícia

O caso de amor entre um cavalo sem raça, um puro pangaré, e uma égua da raça quarto-de-milha, avaliada em 20 mil dólares, acabou no 9 Distrito Policial de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo. O comerciante D.L.M. acusa o pangaré de ter rompido a cerca de sua propriedade e atacado sexualmente a égua Luna, de vastas crinas brancas e olhos azuis. 

O comerciante está inconformado porque o ataque resultou numa prenhez indesejada. D.L.M. quer que a proprietária do cavalo, E.C., pague o aborto da égua. Ele pretende ser indenizado também de todos os gastos que tiver com veterinário e outros eventuais prejuízos.

A dona do cavalo alega que seu animal agiu seguindo um instinto natural. Para E.C., o que ocorreu foi um namoro entre os dois animais e não um ataque. Para a delegada do 9 DP, M.C.A, não há crime a ser apurado. Segundo ela, se o comerciante se sentir prejudicado, deve entrar com uma ação civil de indenização. 

(O Estado de São Paulo - 12 de janeiro de 1994)

01) O que a notícia acima trouxe de diferente, de incomum das demais? 

02) Quando começou a lê-la, você achou que ela fosse verídica ou inventada? Justifique sua resposta:

03) Por que estão usando siglas em vez dos nomes das pessoas envolvidas? 

04) Copie uma passagem do texto em que parecia estar se referindo a um ser humano e não a um animal, explicando seu raciocínio:

05) Quem você acha que tem razão nesta história descrita? Por quê?

06) A delegada pareceu dar razão a qual das partes envolvidas? Justifique sua resposta: 

07) O que você acha que os animais envolvidos responderiam sobre tal acusação, se pudessem?

08) Crie uma história a partir dessa notícia de jornal: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!