sábado, 2 de julho de 2016

Análise da música "Escurinha"

Escurinha



Escurinha tu tem que ser minha
De qualquer maneira
Te dou meu boteco
Te dou meu barraco
Que eu tenho
No Morro da Mangueira.

Comigo não há embaraço
Vem que eu te faço, meu amor
A rainha da escola de samba
Que teu nego é diretor.

Quatro paredes de barro
Telhado de zinco
Assoalho no chão
Só tu escurinha
É quem tá faltando
no meu barracão.

Deixa disso bobinha
só nessa vidinha levando a pior
vem comigo
eu te levo pro samba
te ensino a ser bamba
te faço a maior.

Escurinha vem cá

(Geraldo Pereira e Arnaldo Passos)


01) Quem está falando para quem? Trace o perfil das personagens: idade, classe social, naturalidade, profissão, valores, ambições, apontando os elementos do texto que permitiram a você tirar essas conclusões:

02) O que a personagem propõe para a Escurinha?

03) Que argumentos ela usa para convencê-la?

04) Na sua opinião, ela deve aceitar a proposta? Por quê?

05) Como você entende os versos "Deixa disso bobinha / Só nessa vidinha levando a pior"?

06) Comente a linguagem usada pela personagem:

07) Considerando a proposta feita pela personagem e os argumentos por ela utilizados, o que podemos dizer em relação ao papel da mulher na sociedade que ela tem em mente?

08) Como seria uma proposta semelhante feita por:

a) um adolescente de família rica à sua paquera igualmente rica?

b) uma mulher de classe média ao seu pretendente?

c) um internauta à sua namorada virtual?

d) um dono de churrascaria à sua namorada vegetariana?

Escolha uma das propostas acima e escreva o seu texto! Em seguida, troque com um colega!

09) O seu colega deve ler o seu texto, assumindo agora o papel do destinatário e respondê-lo. A resposta deve ser enviado ao colega.

10) Como você absorveu o título da música? Achou pejorativo ou carinhoso? Justifique sua resposta:

11) Circule no texto um exemplo de vocativo:

12) Há alguns desvios gramaticais no texto. Localize-os e corrija-os: 

4 comentários:

  1. Texto muito rico!!! Amei as questões, em especial a proposta da questão oito, realmente dá o que falar! Uma aula desse nível, não tem como não ser proveitosa! Muuuuuuuuuuuuuito show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz que tenha gostado! A oitava questão é mesmo inspiradora e abre um puta leque, né? Tantos caminhos a serem explorados... ali só alguns...
      Um abração, amiga, e obrigada pelo recadinho e por vir aqui!

      Excluir
  2. Espetáculo de atividade!!! Queria ser uma mosquinha para assistir a uma aula sua, especificamente com a proposta apresentada. Sem dúvida, a oitava questão é muito enriquecedora, porque proporciona uma gama de opiniões diferentes. Gostei da nona também... (dá pra eles interagirem, formando uma bela roda de leitura). Senti saudade de estar em uma sala de aula trabalhando com letras de música...Adoro!!! Parabéns, mestra da Língua Portuguesa! O magistério se orgulha de você; e eu também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, amiga, e que surpresa boa encontrar seu recadinho por aqui! Mais um espaço pra gente interagir! Delícia!

      Não precisa ser uma mosquinha... A gente combina... Quando a greve terminar e eu for apresentar essa atividade aos meus alunos, eu convido você. Que tal? Topa?

      Eu amo essa troca entre eles... e eles também costumam gostar bastante!!!

      Obrigada pelo carinho de sempre... e é bom saber que, enquanto alguns nos veem como "vagabundos", outros nos veem como esperança de dias melhores... libertando almas... tirando-as do breu e da escravidão... Obrigada!

      Excluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!