quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Curta "Vida Maria" (08 minutos)



Há muitas gerações, mulheres nordestinas repetem o ciclo: abandonar o estudo para trabalhar, casar, ter filhos e envelhecer. O curta acompanha a vida de Maria José, desde os 5 anos de idade, na labuta diária do pilão, no envelhecer calado que transforma seu corpo, revelando as marcas do tempo. Os cenários, construídos a partir de pesquisas no sertão cearense, do Nordeste brasileiro, mostra texturas e cores como o pano de fundo de uma história que não muda. (Duração: 08 minutos)

No ano passado, apresentei o curta acima, chamado "Vida Maria" aos meus alunos do oitavo ano, e eles gostaram bastante! Em seguida, propus a seguinte atividade, por mim elaborada, e gostaria de saber a opinião de vocês e da experiência com seus alunos, caso façam uso dela! 

01) O que a cena sugere sobre o espaço nela representado: ele é urbano ou rural? Que elementos permitem afirmar isso?

02) Que tipo de sensação o curta provocou em você?

(   ) Pena  (   ) Descrença   (   ) Revolta   (   ) Tristeza   (   ) Outro (qual?) _____________

03) Justifique a resposta dada à questão anterior:

04) Por que o autor escolheu justamente o nome composto Maria José para a protagonista e não outro? O que essa escolha revela?

05) Por que para a mãe de Maria José “desenhar o nome” era perda de tempo? O que você pensa a respeito dessa opinião dela? Comente:

06) Que recurso foi usado para marcar a passagem do tempo? 

07) Por que o autor mal apresentou a personagem Antônio e logo em seguida Maria já estava grávida?

08) O curta aborda um tema bastante discutido ultimamente, que é a questão do trabalho infantil. O que você pensa a respeito disso? Você acha que em regiões urbanizadas também existem crianças que trabalham?

09) Além de abordar o trabalho infantil, o curta aborda um hábito cultural que é passado de geração em geração. Que hábito é esse? Como foi possível perceber isso no filme?

10) Por que provavelmente todas as Marias escolhiam “desenhar o nome” no mesmo caderno e sempre no mesmo lugar: na janela? “Viaje” para responder!

11) De que parte do curta você mais gostou? Por quê? 

12) Que mensagem o curta lhe transmitiu? Explique da melhor maneira possível:

13) Podemos dizer que todas as Marias que passaram por aquele caderninho tiveram, de certa forma, um mesmo sonho. Qual?

14) Agora escreva um bilhete destinado a todas as Marias:

10 comentários:

  1. Muito bacana as questões elaboradas por você! Ajuda o aluno a refletir!
    Eu também costumo passar esse vídeo para os meus alunos (geralmente no 7° e 8° ano), tem apresentado bons resultados. Procuro levá-los a pensar sobre a possibilidade de quebrar alguns "ciclos viciosos" na família de cada um, no sentido de tentar mostrar a eles que existe uma possibilidade de ir além.
    Parabéns e obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz que tenha gostado! Trabalho com meus alunos sempre que possível! Adoro! E eles também! Volte sempre!

      Excluir
  2. Parabéns. Esse vídeo tem tantas oportunidades para explorarmos várias vertentes. Pretendo utilizá-lo no mês de março, por ocasião do dia da mulher.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma excelente pedida mesmo pra usar nesta data! Aproveite! E depois me conte como foi! Volte sempre!

      Excluir
  3. Muito Interessante,adorei porque relata como ainda algumas mulheres são tratadas e ainda aceitam tal tratamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! O que mais nos entristece é a aceitação de tantas, ainda! Complicado! Mas um dia o jogo vira, esse quadro caótico muda, né? Até lá, torçamos!

      Excluir
  4. Parabéns. Uma atividade criativa e muito inteligente.

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!