quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Nem gênio salva!?!



01) Qual é o vocativo presente na charge? Qual a sua importância para o contexto?

02) Por que o garoto fez esses pedidos? O que isso denuncia?

03) Quais seriam os seus tres pedidos se encontrasse a tal lâmpada mágica?

04) Por que o garoto citou justamente essas três disciplinas? Cite duas prováveis causas:

05) Com que palavra você define o pedido do menino? Justifique:

06) Qual outra forma de o garoto conseguir o que deseja sem utilizar a lâmpada?

07) Com que historia a charge faz uma intertextualidade? Quais foram os indícios?

08) Observe o garoto: que idade ele provavelmente teria? O que outros garotos provavelmente pediriam na idade dele?

09) Qual o sujeito presente na fala do menino? Classifique-o, justificando sua resposta:

10) E qual é o sujeito encontrado na fala do gênio? Classifique e justifique-o:

11) Crie uma possível resposta para o gênio dar ao menino:

12) Você acha que o gênio resolveria o problema do menino? Por quê?

13) Que título você daria a essa charge? Por quê?

14) Que sentimentos encontram-se presentes na expressão do menino? E na do gênio? E provavelmente na sua?

15) Classifique os numerais presentes na charge:

16) Considerando a situação dos professores, principalmente nas escolas públicas brasileiras, os pedidos do jovem são justificáveis? Escreva um parágrafo, argumentando sua opinião sobre o assunto:

17) Leia:

"Apesar do déficit de professores que o país vem apresentando, o número de interessados na carreira tem diminuído gradativamente. De acordo com o Censo da Educação Superior de 2007. o números dos alunos graduados nos cursos superiores de formação específica de professores caiu 4,5% se comparado com 2006. A falta de interesse pode estar ligada à desavalorização da profissão e aos baixos salários."

a) O que há em comum entre o texto acima e a charge em análise?

b) Você hoje faria um curso de licenciatura para ser professor? Por quê?

18) Nos pedidos do jovem há o uso repetido da palava UM. Explique a sua importância semântica para o contexto e também aproveite para dizer se é um numeral ou se é um artigo indefinido: 

(Colaboradoras:  Zizi Cassemiro, Sandra Vitezi, Ruth Barbosa, Nalva Kássia e Vânia Oliveira )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!