quarta-feira, 27 de julho de 2011

Mais uma poesia chegando!

Casamento

Há mulheres que dizem:
Meu marido, se quiser pescar, pesque,
mas que limpe os peixes.
Eu não. A qualquer hora da noite me levanto,
ajudo a escamar, abrir, retalhar e salgar.
É tão bom, só a gente sozinhos na cozinha,
de vez em quando os cotovelos se esbarram,
ele fala coisas como "este foi difícil"
"prateou no ar dando rabanadas"
e faz o gesto com a mão.

O silêncio de quando nos vimos a primeira vez
atravessa a cozinha como um rio profundo.
Por fim, os peixes na travessa,
vamos dormir.
Coisas prateadas espocam:
somos noivo e noiva.

(Adélia Prado)

01) Qual o tema desse poema? Justifique sua resposta:

02) Segundo o texto, a relação das pessoas muda depois que elas se casam? Explique bem, aproveitando para opinar sobre esse assunto:

03) Por que razão o eu-lirico do poema gosta de ajudar até a limpar peixe? Você acha que fazer essas coisas aproximam ainda mais um casal? Por quê?

04) Crie uma tirinha com o conteúdo principal do poema! Capriche!

05) Que mensagem podemos extrair de tal poema?

06) Tente imaginar a cena do homem pescando o peixe prateado e faça uma bonita ilustração:

07) O poema inicia-se assim: "Há mulheres que dizem...". Tente imaginar o que as outras mulheres diriam, ou seja, apresente ideias contraditórias criando uma paródia para o poema:

08) Com base no conteúdo do poema e na expressão do eu lírico, como poderia ser definido o amor?

09) Coloque-se agora no lugar de eu-lírico masculino, aproveitando para reescrever o texto, fazendo todas as alterações necessárias, para que ele comece assim: "Há homens que..."

10) Justifique o título da poesia, aproveitando para criar um novo título:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!