segunda-feira, 27 de junho de 2011

Só para refletir...

Isto

Dizem que finjo ou minto
Tudo o que escrevo. Não.
Eu simplesmente sinto
Com a imaginação.
Não uso o coração.

Tudo o que sonho ou passo,
O que me falha ou finda,
É como que um terraço
Sobre outra coisa ainda.
Essa coisa que é linda.

Por isso escrevo em meio
Do que não está ao pé,
Livre do meu enleio,
Sério do que não é.
Sentir! Sinta quem lê!

(Fernando Pessoa)

4 comentários:

  1. Fernando Pessoa dispensa comentários!

    ResponderExcluir
  2. Gosto desse poema, ele me lembra um outro ; não sei se foi intencional ou não, mas esse parece uma resposta para um outro poema do Pessoa:
    "O poeta é um fingidor
    finge tão completamente
    que chega a fingir que é dor
    a dor que deveras sente."

    Será que os heterônios estariam dialogando? rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre rola diálogo... por isso adoro... por isso me divido, pra tentar entender tudo... e nem assim entendo. rs rs rs

      Excluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!