quarta-feira, 8 de junho de 2011

Lembranças grevistas ativadas!

Confesso que ao saber, através dos e-mails da minha amiga Denize Alvarenga, que, pegando carona na greve dos bombeiros, os professores estaduais também decidiram entrar em greve, gelei. Sempre fui grevista, assumida, e já entrei para o Estado, em minha primeira matrícula, em 1998, em greve. Mesmo morrendo de medo de ser mandada embora por justa causa, apenas ia para a escola cumprir horário, já que não me sentia bem entrando em sala e "furando" o movimento. Já fui às assembleias, já distribuí panfletos em praças, já fui a passeatas, já vesti a camisa, já pensei que mudaria tudo o que me incomodava e me incomoda (e muito) até hoje!

Na última greve que fiz (já faz um tempinho), eu orava para que ela terminasse, pois só eu e mais três nas escolas ficamos até o final, a pressão era imensa e fora os pagamentos zerados, com contas se acumulando e dívidas aumentando. Na época, graças a Deus, eu apenas ajudava papai nas contas da casa. Mesmo assim, como foi difícil voltar ao normal com relação às minhas finanças!

Hoje a situação mudou demais. Papai se foi, as contas são todas minhas, meus vínculos são da mesma fonte pagadora, e, além de me sustentar, ainda tenho duas pontas a vida que dependem de mim: mamãe e Miguel. Sou filha e sou mãe. Colocado na balança, acho que isso tende a pesas mais do que a insatisfação como professora, que se sente cansada, explorada, desmotivada, desanimada. Estou num terrível dilema! Se não aderir à greve me sentirei traindo meus colegas; se aderir me sinto uma irresponsável com relação a quem de mim depende. E agora? Ó Senhor, ilumine meu coração, que já não sabe o que fazer, por onde andar...

6 comentários:

  1. OI amiga, também fico angustiada. Resolvi ir à escola e lá conversar com os alunos sobre a nossa situação e o Estado de greve. assim, cumpro o meu dever profissional e contribuo com o protesto que também é nosso. Beijos e Boa Greve, sem culpa! (rsrsrs)Helaine.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda greve é exaustiva... Muito mais do que estar em sala...

      Excluir
  2. Ah, aproveito para elogiar o Layout da sua página. Muito Bonita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida, eu tentei personalizar, mas não saco quase nada de HTML... rs rs rs

      Excluir
  3. Aqui estamos em greve também! O momento é de luta, Dequinha. Juntos somos fortes. Não dá para conseguir objetivos se a categoria não se unir. Estamos em greve há duas semanas e hoje houve a votação do projeto do governo. Apesar da nossa pressão alegando que o projeto é inconstitucional, a maioria dos parlamentares baixaram a cabeça e votaram a favor do governo. Nossa luta vai continuar. Nessa hora não dá para ter pena dos alunos. Eles são prejudicados? Infelizmente sim, mas o governo é o maior culpado de tudo isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Situação complicada, mas é sempre hora de lutar pelo que a gente acredita. Amam sacanear professor...

      Excluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!