quarta-feira, 22 de junho de 2011

Está faltando ética...


01) Copie da charge um exemplo de vocativo, justificando seu raciocínio:

02) Analise e classifique o sujeito presente na fala do aluno:

03) Pelo contexto da charge, você acha que a turma tem conhecimentos prévios sobre o assunto mencionado pela professora? Explique:

04) Crie um título bem interessante para essa charge:

05) Teoria e prática sempre andam juntas, na sua opinião mais sincera? Essa charge reforça ou nega isso? Por quê?

06) O que você entende por ética? Considera que ela anda meio que escassa pelo mundo? Por quê?

07) Faça a análise sintática de toda a frase da professora:

08) O que a charge pretende denunciar?

09) Crie um parágrafo dissertativo opinando sobre o tema principal extraído da charge:

10) Como a professora poderia aproveitar o ocorrido para explicar melhor sobre ética para a sua turma?

11) Por que provavelmente a palavra ÉTICA aparece em destaque?

2 comentários:

  1. Nem sempre não ter giz significa que roubaram. Ele pode ter acabado. Mania essa dos alunos em usar com tanta frequência a palavra "roubar"! Em sala de aula eles derrubam canetas, lápis, borracha e antes de procurarem, já vão logo dizendo "Roubaram meu isto, meu aquilo". Vendo por esse ângulo a charge, dá também para falar sobre ética apontando para um pré-julgamento (errado) que fazemos das coisas e das pessoas.

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante esta charge. Vejo a ambiguidade da palavra "roubaram". Vejo que no "roubaram" está implícito o desvio das verbas da educação. Adorei as questões!

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!