quarta-feira, 22 de junho de 2011

É tempo de travessia...

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos."

Achei essa frase interessante, excelente tanto para o meu momento pessoal quanto para o profissional... Estou, digamos, despida, totalmente sem vestes... às vezes sinto muito frio, confesso, e medo de tamanha exposição, porém, percebi que as roupas já ficaram velhas e já não combinavam mais com as formas do meu corpo nem com as minhas formas de pensar e de agir. Caminho nua até que consiga encontrar as roupas certas, novinhas em folha... e se não encontrá-las, paciência. Aprenderei a caminhar assim, só e pura. Sobreviverei, com certeza! Tenho sobrevivido. E que venham as travessias... todas elas... Abraço-as!

E tal frase é atribuída, erroneamente, a Fernando Pessoa, coisa que logo é descartada para quem conhece, ainda que minimamente, o autor português. O estilo destoa do dele. Não tirando, claro, o valor desse escrito do Fernando Teixeira!  

6 comentários:

  1. Esse blog está show!!!!
    Menina, você é um espetáculo.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, amiga! Mas muito obrigada pela força, sempre! Beijos, Carmão!

      Excluir
  2. Também gosto muito desta frase1 Infelizmente temos visto na internet textos erroneamente atribuídos a determinados autores. Verdadeiramente este não é o esilo de Fernando Pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente pode até às vezes não saber de quem é, visto que são muitas as possibilidades, mas com certeza a gente logo sabe de quem NÃO é. rs rs rs

      Excluir
  3. Já comentei esse texto no outro blog, hehe!!

    ResponderExcluir

Deixe aqui o seu comentário sobre o blog ou sobre esta postagem em especial!!! Vou amar saber o que você pensa!! Muito obrigada pela visita!!! Volte sempre!!!