domingo, 26 de junho de 2011

Classificados poéticos

Menino que mora num planeta
azul feito a cauda de um cometa
quer se corresponder com alguém
de outra galáxia.
Nesse planeta onde o menino mora,
as coisas não vão tão bem assim:
o azul está ficando desbotado.
e os homens brincam de guerra.
É só apertar um botão
que o planeta Terra vai pelos ares...
Então o menino procura com urgência
alguém de outra agaláxia
para trocarem selos, figurinhas
e esperanças.

Habitante de outra galáxia
aceita corresponder-se com o menino
do planeta azul.
O mundo desse habitante é todo
feito de vento e cheira a jasmim.
Não há fome nem há guerra
e, nas tardes perfumadas,
as pessoas passeiam de mãos dadas
e costumam rir à toa.
Nessa galáxia ninguém faz a morte,
ela acontece naturalmente
como o sono depois da festa.
Os habitantes não mentem
e por isso os seus olhos
brilham como riachos.
O habitante da outra galáxia
aceita trocar selos e figurinhas
e pede ao menino
que encha os bolsos de esperanças,
e não só os bolsos, mas também as mãos
e os cabelos, a voz, o coração,
que a doença do planeta azul
ainda tem solução.

(Roseana Murray)

01) Que título você daria a esse texto?

02) Utilizando todos os possíveis dados fornecidos pelo texto, ilustre as duas galáxias:

03) Por que o planeta onde o menino mora "as coisas não vão tão bem assim"?

04) E aqui no seu país, quais são os maiores problemas enfrentados? Cite, no mínimo, cinco:

05) Usando o maior número possível de adjetivos, caracterize os dois lugares, descrevendo-os:

06) Você acha que o cheiro de jasmim é uma riqueza? Justifique sua resposta:

07) Qual é a avaliação que o habitante da outra galáxia faz da doença do planeta azul? Você concorda com ele? Por quê?

08)  De qual anúncio você gostou mais? Por quê?

09) Agora faça de conta que você é o menino do planeta azul, que acabou de receber essa resposta do menino da outra galáxia. Como você responderia? Capriche!

10) Que mensagem podemos extrair após a leitura desse texto?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui a sua contribuição para a Arte e Manhas da Língua também!!! Muito obrigada!!!